terça-feira, 25 de julho de 2017

Trio é preso por tentativa de homicídio em delegacia

Três homens foram presos por tentativa de homicídio, na noite deste domingo, 23, no bairro Antônio Bezerra, na Área Integrada de Segurança 06 (AIS 06). Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os suspeitos fazem parte de um grupo criminoso que tentou matar um desafeto no interior do 10º Distrito Policial. Com eles, a Polícia apreendeu cinco armas de fogo usadas no crime.
 
De acordo com a SSPDS, cerca de 12 homens chegaram em três veículos, por volta das 23 horas, e tentaram entrar na delegacia localizada no bairro Antônio Bezerra. Os policiais civis que estavam na unidade revidaram e chegaram a trocar tiros com os criminosos. A fachada da delegacia foi atingida pelos disparos. Os suspeitos fugiram, e as Polícias Militar e Civil iniciaram as buscas na região.
 
Francisco Anderson Sales Sousa, de 20 anos, foi o primeiro a ser preso. Conhecido por "Andinho", ele tem passagens pela Polícia por homicídio e dano. Anderson foi encontrado nas proximidades da delegacia com um revólver calibre 38. Depois de prender "Andinho", as equipes policiais seguiram até a comunidade conhecida por "Favela do Açai", no bairro Padre Andrade, também na AIS 06, onde encontraram três armas de fogo em uma residência. Outros dois suspeitos foram presos: Ítalo Mendes dos Santos, de 20 anos, com antecedente criminal por roubo; e Juliano Moura da Silva, de 31 anos, com passagem pela Polícia por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e receptação.

A Polícia também apreendeu uma quinta arma de fogo, que estava com Ítalo Mendes. Foram apreendidas também 47 gramas de maconha, uma balança de precisão, aparelhos celulares, munições e relógios. Em depoimento à Polícia, os três suspeitos confessaram participação na ação criminosa. Conforme os depoimentos, eles pretendiam matar um preso que estava recolhido na unidade. 
 
Conduzidos para o 10° Distrito Policial, os suspeitos foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio e na Lei das organizações criminosas. As investigações, realizadas pela Polícia Civil, continuam para prender os demais participantes do grupo criminoso. Os trabalhos policiais contam com o auxílio de imagens da câmera de segurança, que flagrou o crime. 


A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na elucidação do crime por meio do Disque Denúncia, pelo número 181. O 10° Distrito Policial também recebe denúncias e informações pelos números (85) 3101.4916 / 3101. 4917. O sigilo é garantido.


FONTE :O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário